Não abro mão

Enganamo-nos. Felicidade está em pequenas coisas. Num bolinho de chocolate, num gesto simples, numa tarde de andarias no shopping, numa música cantada, num amigo.

Já há tanta coisa ruim para se preocupar nessa vida, tanta. Por que cavar mais fundo esse buraco, se afastando de pessoas que nos fazem bem? Eu não abro mão, repito, não abro mão.

A felicidade se faz com pequenas coisas e grandes pessoas. É difícil demais encontrar amigos de verdade, aqueles que só por existirem já nos fazem felizes. E não importa quem seja ou onde esteja, se é homem, mulher, criança, velho, pobre, feio ou seja lá o que.

Pessoas são pessoas, acima de tudo. E amigos, para mim, estão acima de qualquer fofoca idiota. Carro, roupa, bunda grande e maquiagem, é isso que você prefere? Desculpe, mas eu prefiro pessoas.

Não vou abrir mão dos meus momentos felizes. Não vou abrir mão dos meus amigos. O que eu vou ganhar com isso? Nem Jesus conseguiu agradar a todos, não sou eu quem vai conseguir.

Anúncios

Sobre Entrelaces

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Agenda

novembro 2010
D S T Q Q S S
« out   dez »
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Postagens

%d blogueiros gostam disto: