Na historia que eu li

Passarinho se perdeu. Cansado e machucado, caiu na sua janela. Quase morto, você o viu. Suas mãos o trouxeram para si, seu olhar o cuidou com o maior carinho que se poderia ter. Protegido de todo perigo, ele se aconchegou, teve o cantinho mais confortável e dormiu.

Sonhou vivências mágicas, sorrisos e lágrimas. A dor das asas quebradas foi sumindo. E cada dia que passava, uma flor nascia na sua janela. Sem nem perceber, a chuva regava e o sol fazia crescer.

Jardim foi ficando sem espaço, até que a janela se abriu.

Passarinho voou, o vento soprou. Suas asas, tão bem cuidadas, levaram cicatrizes de um tempo bom. O melhor tempo que já viveu. E com a janela aberta, o jardim entrou, invadiu seus móveis, entrelaçou seus quadros, CDs e sofá. Você ainda dorme, mas assim que amanhecer, no abraço mais sutil, o sol vai tirar você da cama. E quando você abrir a porta… sossego bom. Passarinho se foi. Mas você ganhou toda a primavera.

Anúncios

Sobre Entrelaces

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Agenda

abril 2011
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Postagens

%d blogueiros gostam disto: