Abismo


O pior é não conseguir arrancar um pedaço do tempo e expurgar daqui de dentro. É mais fácil lidar com a face negra dos outros que encarar a sua própria.
É como a cada acordar, ao se olhar no espelho, uma mancha negra aparecesse em sua face. A cada dia, a mancha se espalhasse. Encara-se a angústia de não reconhecer mais quem é você.
Entregaram-lhe uma flor e você correspondeu com um tiro no peito. Encarar a sua face negra é olhar para as suas mãos segurando uma arma e a destruição de uma vida à sua frente. Não adianta o arrependimento, a não intenção de ter feito: a vida foi destruída e só você foi responsável. Como lidar com o sangue no chão? Como lidar com o desespero de querer sumir, de querer arrancar um pedaço de si?
É mais fácil corrigir o que está fora. Estilhaçar o espelho não vai mudar os seus olhos. Os passos pra frente não mudarão o caminho que se deixou pra trás. Nenhuma lágrima lava a alma.
Arde aqui a escuridão daquilo que eu mesma destruí.

Anúncios

Sobre Entrelaces

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Agenda

outubro 2011
D S T Q Q S S
« set   dez »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Postagens

%d blogueiros gostam disto: