Saudade é assim

 

 

Sem você.

Um vaso vazio. Sem terra, sem planta, sem vida.

Cadê meu beija-flor, meu canto, minha luz?

É tão comum ter um jardim quando estou contigo, que às vezes esqueço o tanto que teu sorriso me ilumina. Quando tu não estás, a grama morre, primavera cai.

E eu, frio aqui, a sentir a falta da vida que tu me trazes, das pétalas que são as minhas mãos ao te ter, do teu olhar de sol e delicadas rugas que me fazem voar.

No meu canto a te esperar, verás no meu abraço o quanto floresce minha vida ao te sentir, pele a pele, beijo a beijo. Meu jardim.

Anúncios

Sobre Entrelaces

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é passível de fazer sentido. Eu não: quero uma verdade inventada." Clarice Lispector

2 Respostas para “Saudade é assim

  1. Rafaela Dias

    Nooossa, que texto simplesmente lindo!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Agenda

maio 2012
D S T Q Q S S
« abr   nov »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Postagens

%d blogueiros gostam disto: